Quem em sã consciência sonha em ser madrasta? Eu que não

Prazer, eu sou uma madrasta. Quando preenchi a vaga, não foi muito por escolha própria, mas, sim, porque se apaixonar por alguém que já tem filhos de relações anteriores exige que se assuma o emprego de maneira completa – não dá para namorar um cara que é pai e não se responsabilizar pela criança que […]

Leia Mais

Clubinhos dos adultos são exemplo perfeito para quem quer aprender a fazer bullying

Não faz muito tempo meu filho me contou que, em sua sala de aula na escola, há um grupo de amigos que, tal qual as grandes organizações, conta com chefia, ajudantes e subordinados. E, também igual ao que acontece nas organizações, tem aqueles a quem é permitido participar, e aqueles que, barrados por critérios injustamente […]

Leia Mais