O crime do cafuné

Divulgação

Um Jesus Cristo cabeçudo feito em biscuit divide o scroll com blusas de leopardo e manga bufante. Se descer mais um pouquinho a página, aparecem marmitas de estrogonofe fitness, roupinhas para cachorro, aulas de italiano e uma máquina de limpar carpete. Parece a antessala do inferno, mas é só um grupo fechado no Facebook. Somos […]

Leia Mais

Tem sempre um homem me explicando

Reprodução/Twitter

Você já conhece a mecânica: eu escrevo no computador, publico aqui neste espaço, quem fica curioso lê, muitos gostam, outros detestam, e na semana seguinte tudo se repete. É assim já há alguns anos, sejamos nós quem formos e de onde quer que venhamos. Acontece que excepcionalmente hoje vou sugerir que, caso você, leitor, seja […]

Leia Mais

Um capitão sem amigos

Divulgação/Disney

As notificações do grupo da família no WhatsApp estão desativadas até 2022, mas volta e meia acho de bom tom conferir o que os primos escrevem para tumultuar a sequência de figuras fofas de gatinhos que as tias mandam. A reação é quase sempre de susto, não porque os comentários sejam surreais – eles são, […]

Leia Mais

Seis conselhos para a felicidade

(Fotolia)

Em tempos de desengano com gurus demasiado humanos, é importante que se diga que quem sou eu para vir aqui despejar conselhos na timeline de alguém – jornalista nem é gente. Ainda assim, acredito que sobreviver semi-intacta por 38 anos (poucos órgãos perdidos, moderado dinheiro na conta, abundante savoir-faire no lombo) me coloca em uma […]

Leia Mais

Os solitários da praça de alimentação

Adultos são meninos e meninas altos, de terno, salto alto, que caminham pela Paulista, Copacabana, pegam ônibus e fila de mercado, todos com seus buracos no peito encobertos por roupa de gente grande, contas e crachás de empresas importantes. A gente se esbarra nos caminhos, deixa cair uma pilha de livros, a bolsa, e corre […]

Leia Mais

O dia em que infartei

Eram oito da noite quando mandei mensagem para o meu pai. – Pá, acho que tô infartando. Do alto de sua experiência como cardíaco quatro vezes infartado, safenado, mamária, mais pontes que o Maluf, sabia que ele poderia me ajudar a descobrir se aquela dor insana nas costas era, de fato, um ataque do coração […]

Leia Mais

Mãe, quer ser minha melhor amiga?

De pé, calçando sandálias sem salto, a cabeça dela alcança meu ombro. Ou meu queixo, talvez, não sei dizer precisamente. Os peitos grandes, que herdei dela e de todas as mulheres da família, em mim ficaram minúsculos, depois de cirurgias e filho. Os cabelos em sua cabeça brotam finos e em abundância, e em mim […]

Leia Mais

Ciclo da vida

No princípio era o útero, e, à parte o trânsito intestinal materno, pouco havia que modificasse a cadência dos dias, de modo que o ciclo da vida em seu início era coisa das mais simples, do tipo que fazíamos –literalmente– com um pé nas costas. Nada de bruscas mudanças climáticas, porque dentro da barriga não […]

Leia Mais