Morrer amanhã

Lalo de Almeida/Folhapress

Uma grávida de 34 anos deu à luz já inconsciente, e morreu sem ver a filha recém-nascida. Um homem de 37 tinha se mudado havia duas semanas para morar com a namorada, e morreu antes mesmo de desembalar todas as caixas. Outro, de 52, andava ansioso com a formatura do filho na faculdade em dezembro […]

Leia Mais

A quarentena é mais difícil para o homem

Tem gente perdendo parente, tem desempregado, tem morador da favela, e dono de negócio falindo, mas ouvi dizer que a quarentena está difícil mesmo é para o homem. Fatores intrinsecamente ligados à masculinidade encontram-se, dizem, acima de todas as dificuldades e agravantes neste severo período que o mundo enfrenta. Estou consternada. Até os políticos já […]

Leia Mais

Apelidinhos e vozinhas

Zé Carlos Barretta/Folhapress

Começou quando a cachorra fez algo fofinho, como tentar esconder o osso debaixo do cobertor, ou coçar, de pé, a barriga, usando uma das pernas. Ou foi no dia que ela ficou com as orelhas viradas do avesso parecendo uma menina com o cabelo preso atrás da orelha. Se bem que talvez tenha sido quando […]

Leia Mais

Exercício do adeus

Joel Silva/Folhapress

Oi. Imagino que esteja curioso, então, antes de tudo, quero te tranquilizar: foi um sucesso. Seus amigos mais queridos, antigos colegas de trabalho, as mulheres que você amou, toda nossa família. Estavam todos presentes e pensando fortemente na sua história. Claro, tínhamos as limitações que o novo mundo impôs, mas a videoconferência funcionou superbem e, […]

Leia Mais

Está liberado sentir medo

Pessoas em isolamento olham pela janela em Milão (Rafa Jacinto/Folhapress)

Não há mais certezas, tampouco a ordem como a conhecíamos antes, mas há, pela primeira vez em tempos, a liberdade para sermos vulneráveis o quanto for preciso. A observação é de Alain de Botton, escritor suíço que acredita que a crise que o mundo atravessa ao menos poupou a humanidade da pressão de estar feliz. […]

Leia Mais

Envelheça longe daqui

Michele Tantussi/Reuters

Em “Alice no País das Maravilhas”, de Lewis Carroll, o Arganaz e a protagonista estão sentados lado a lado na plateia de um tribunal. “Gostaria que você não me apertasse tanto, mal posso respirar”, reclama o mamífero, ao que Alice docilmente responde que não pode evitar. “Estou crescendo”, explica. Arganaz avisa a amiga: “Você não […]

Leia Mais

Manhês em quarentena

FAB

Os números do coronavírus são impressionantes, mas mais impressionante mesmo é o número de vezes que meu filho já falou a palavra “mãe” na manhã de hoje. Estamos no primeiro dia de isolamento – ontem, ele foi à escola apenas para buscar materiais e orientações sobre o ensino à distância. Surpreendente, mas não encontrei até […]

Leia Mais